No domingo,14, coordenadores, professores e colaboradores do Centro Universitário Inta (UNINTA) participaram de uma ação de apoio aos estudantes que prestaram o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE). O resultado da avaliação faz parte dos indicadores de qualidade da educação superior.

As equipes foram divididas nos locais de prova, onde os alunos foram acolhidos, repassados as últimas informações, tirando dúvidas e distribuídos kits com caneta, água, chocolates, máscara descartável e bisnaga de álcool em gel. Estiveram presentes na ação de apoio aos ‘Enadeanos’ o Serviço de Acompanhamento ao Discente – SEAD/PRODEG e representantes dos cursos de graduação presencial e EaD, participantes do ciclo avaliativo.

A Comissão para Desenvolvimento e Implementação do Projeto ENADE (CODIPE), idealizada pelo Chanceler do UNINTA Dr. Oscar Spíndola Rodrigues Junior, realizou durante todo o ano ações preparatórias como: trilhas de conhecimentos, simulados diagnósticos, simulados institucionais e atividades de formação geral e específica, como palestras e debates realizados pelos cursos presenciais e na modalidade à distância. A iniciativa teve como objetivo estimular e preparar os alunos para o exame, aplicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas (INEP) e obrigatório para ingressantes e concluintes das graduações de todas as instituições de ensino superior.

A acadêmica do 9º semestre do curso de Educação Física EaD, Sandra Maria, destaca a importância de ir bem no exame. “Sabemos o tanto que nos preparamos para esse momento. Temos que dar o nosso melhor na prova, pois de acordo com o nosso resultado, a gente está dando uma nota para o nosso curso e, consequentemente, para a nossa formação, e isso é muito importante. Se a gente fizer uma boa prova e tirar uma excelente nota, é sinal que tivemos uma boa formação”. Pontua.

Sobre o ENADE
O ENADE é uma avaliação anual aplicada pelo Ministério da Educação – MEC que determina o nível dos cursos superiores, considerando a performance dos alunos na prova. Isso significa que uma boa prova determinará a pontuação da sua graduação, podendo representar um grande diferencial perante o mercado de trabalho.

Sendo um componente curricular obrigatório, inscrito no histórico escolar do estudante somente a situação regular com relação a essa obrigação. Dessa forma, o bom desempenho do estudante terá maiores chances de conseguir melhores oportunidades no mercado de trabalho e na jornada acadêmica pós-graduação.